Coronavírus: o que são os ‘dedos de covid’, um dos mais novos possíveis sintomas identificados da doença?

Data: 05.05.2020

Cinco erupções cutâneas foram observadas em alguns pacientes hospitalizados diagnosticados com o novo coronavírus, segundo pequeno estudo realizado por médicos espanhóis.

Cinco erupções cutâneas, incluindo os chamados “dedos de covid”, foram observadas em alguns pacientes hospitalizados diagnosticados com o novo coronavírus, segundo um pequeno estudo realizado por médicos espanhóis. Segundo eles, as erupções cutâneas tendiam a aparecer em pessoas mais jovens e duravam vários dias.

Não é incomum que uma erupção cutânea seja um sintoma de um vírus, como as brotoejas que indicam catapora. Mas os médicos disseram que ficaram surpresos ao ver tantas variedades de erupção cutânea com a nova doença que se espalhou pelo mundo.

As erupções cutâneas não estão atualmente incluídas na lista de sintomas da doença. Os mais recorrentes são febre alta e tosse seca. No entanto, houve muitos relatos sobre “dedos de covid-19” — uma erupção cutânea que aparece nos pés dos pacientes, mesmo na ausência de outros sintomas. Segundo o responsável pelo estudo, Ignacio Garcia-Doval, a forma mais comum de erupção cutânea eram as maculopápulas — pequenas brotoejas avermelhadas e achatadas ou elevadas que tendem a aparecer no torso.

“É estranho ver várias erupções cutâneas diferentes — e algumas são bastante específicas”, diz Garcia-Doval à BBC.

 

Veja a notícia completa em: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/bbc/2020/05/04/coronavirus-o-que-sao-os-dedos-de-covid-um-dos-mais-novos-possiveis-sintomas-identificados-da-doenca.htm?cmpid=copiaecola

Slider: images not found